• EditoraMatarazzo05Banner0000.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0003.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0004.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0005.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0006.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0007.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0010.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0011.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0012.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0013.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0018.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0019.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0021.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0022.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0023.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0090.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0100.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0110.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0120.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0130.png
 
       
 
 

Antes de mais nada agradeço, lisonjeado, o convite feito pela jornalista Thais Matarazzo para participar da coletânea Vamos falar de Santos?, agora na sua segunda edição. Ao lado de pessoas destacadas da nossa cidade como o jornalista e ex-secretário de cultura Carlos Pinto, o escritor Carlos Bittencourt Ferreira, o pesquisador Edson Santana do Carmo, os companheiros de diretoria do Clube do Choro de Santos Luiz Antônio Pires e Ademir Soares, o professor e compositor Gil Nuno Vaz, o Marechal do Samba santista J. Muniz Jr. e a escritora Renata Jerônimo, dentre outros, é sempre um prazer e um privilégio para mim fazer parte deste time de feras. Ah...sim, claro, como eu poderia esquecer, a própria Thais Matarazzo e o Mestre Zé Amaral também participam da coletânea. Cada um a seu modo e com seu jeito todo peculiar de escrever trazem ao leitor histórias, fatos e curiosidades sobre a “Terra da Caridade e da Liberdade”, berço dos irmãos Andrada e Silva e de outras tantas figuras ilustres. Temas como a Boca, a Banda da Divisa, o Clube do Choro, o professor Tarquínio Silva, os Bondes, a família Magenta, o Porto, enfim, são alguns dos assuntos que recheiam este livro super simpático e muito gostoso de ler, pois, fala do santista, o mesmo que usa o tu de forma “errada”, que chama pão francês de média, que não fala linha do trem, mas, sim, linha da máquina, que chama as avenidas Antônio Emerich em São Vicente e Nossa Senhora de Fátima em Santos de “Linha 1”... etc...! Essa mesma Santos que ficou internacionalmente conhecida pela Rua XV, a “Wall Street” brasileira por causa do café, mesmo sem jamais ter plantado um pé sequer, do maior porto da América Latina e do Santos F.C, o maior time de futebol do planeta em todos os tempos. Então, meu caro leitor, divirta-se com essas histórias, você fará um belo “city tour” literário pelos contornos da cidade.

Aquele abraço!
Marcello Laranja - Escritor e presidente do Clube do Choro de Santos

TEMAS / PARTICIPANTES

UMA VIAGEM NO TEMPO... SANTOS 470 ANOS DE HISTÓRIA
J. Muniz Jr.

OCEANO
Maria dos Anjos Maria Dos Anjos Oliveira

OS BONDES DE SANTOS
Marcello Laranja

BANDA DA DIVISA - CARNAVAL ESPONTÂNEO
Carlão Bittencourt

MARY GONÇALVES: A SANTISTA QUE FOI COROADA RAINHA DO RÁDIO
Thais Matarazzo

A BOCA DE TANTOS ENCANTOS SEARA DE PLÍNIO MARCOS
Carlos Pinto

O GANDULA
Gil Nuno Vaz

CORAÇÃO NA VILA
Renê Rivaldo Ruas

SANTOS, MAR DE HISTÓRIAS
José de Almeida Amaral Jr.

CHAVEIRO MAGENTA, UM CENTENÁRIO DE SEGURANÇA
Gabriel de Souza Magenta

CLUBE DO CHORO DE SANTOS
Ademir Soares

VÊ SE TE MANCA... OH CARA!
Luciana Gomes de Souza & Luiz Pires

A EVOLUÇÃO DO PORTO DE SANTOS
Renata Elito Jerônimo

UM ENFOQUE NA HISTÓRIA DO PORTO DE SANTOS, SP
Gilson Ildefonso de Oliveira

SOBRE UM NOVO ILUMINISMO E O PAPEL DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA
Marcos R.S. Tavares

ORQUESTRA MÁRIO FORGANES
Obed Zelinschi de Arruda

TARQUÍNIO DA SILVA - “O MESTRE DOS METRES”
Edson Santana Carmo

UMA ESCOLA E UMA AVENIDA: UM CASO POLICIAL
Christian Silva Martins De Mello Sznick

 

Dados técnicos
TÍTULO:
Vamos falar de Santos II?
AUTOR: diversos autores
EDITORA: Matarazzo
IDIOMA: Português
ENCADERNAÇÃO: Brochura P&B. Papel couchê fosco 90 gr/m².
ILUSTRADO: sim
FORMATO: 14 x 21 cm
PÁGINAS: 156
ANO DO COPYRIGHT: 2017
ANO DE EDIÇÃO: 2017
ISBN: 978-85-69167-5
EDIÇÃO: