• EditoraMatarazzo05Banner0000.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0007.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0008.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0009.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0010.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0011.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0012.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0013.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0018.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0019.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0021.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0022.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0023.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0090.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0100.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0110.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0120.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0130.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0140.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0150.png
 
       
 
 

Projeto “Cá entre nós: Brasil & Portugal” (2017)

As diversas ciências sociais possuem definições próprias a respeito do que designamos por território. Múltiplas dimensões que abarcam desde a Economia, a Antropologia, a Sociologia e mesmo a Psicologia, no entanto cabe aqui também falarmos duma outra vertente: a afetiva.

Desembarcamos no Porto há 37 anos e deparamo-nos com uma realidade muito diferente da imaginada anteriormente. Não foi uma paixão à primeira vista, aliás os grandes amores germinam muito lentamente, no entanto, ficam robustecidos pelas raízes profundas, que penetram no interior da alma.

Nesse espaço de tempo, Portugal à semelhança do resto do mundo, sofreu diversas mutações, modernizou-se, passou a fazer parte da Comunidade Europeia, adquiriu novos costumes, recebeu um enorme fluxo de pessoas de outros países, dentre os quais nos destacamos, pois somos nós os brasileiros o maior grupo de imigrantes que aqui vive.

Partilhamos saberes e culturas, aprendemos as 1001 maneiras de preparar o bacalhau, descobrimos a grande variedade de vinhos que o país produz, adoçamos o paladar com a maravilhosa doçaria conventual. E, encontramos lugares paradisíacos que hoje são meritoriamente considerados os melhores destinos para o turismo, como é o caso da cidade do Porto, que em 2017 ganhou essa designação pela 3ª vez.

Aquela terra pacata transformou-se! Os maiores eventos passam por aqui, tais como campeonatos das mais variadas modalidades desportivas, e nos portos de Lisboa e de Leixões é constante o vaivém de navios vindos de pontos distantes, transportando quase diariamente milhares de passageiros.

No Douro a paisagem emociona quem por lá passa. Além da beleza ímpar, é sempre um momento de êxtase poder apreciar o trabalho exercido nas vinhas de socalco, que traduzem o afinco das gentes do campo.

As cidades fervilham, os turistas ficam extasiados perante os grandes monumentos, ouve-se comentários em diversas línguas, mas há um dado constante, a hospitalidade franca que o português dispensa a quem o visita.

Depois, não existe apenas a parte continental, as Ilhas são um capítulo à parte, Madeira e Açores, pontos paradisíacos onde a natureza resplandece.

O exercício feito para colocar em palavras o que coração sente, nem sempre é fácil, mas quando feito de forma coletiva, resulta num retrato muito mais fiel da realidade.

Este segundo volume da coleção «Vamos Falar de Portugal?», da Editora Matarazzo é disso exemplo. Pessoas reunidas em torno do mesmo tema, cada uma relatando os conhecimentos adquiridos, através da sua visão particular sobre este recanto tão especial para todos nós!… - a julgar pelos textos de Anne Mahin, Camila Giudice, Célia Carmen Cordeiro, Dudu Fagundes, Eloína Ferraz, Fátima Quadros, Hilton F. Daniel, José Martins Pereira, Manuel Martins, Marcelo Kassab, Miguel Villa, Neide Lopes Ciarlariello, Nini Remartinez, Paulo Borges, Renata Jerônimo, Thais Matarazzo, Ricardo madeira, Laércio Cardoso de Carvalho, Lúcia de Fátima Marques Peres, Júlio Araújo, Irene Oliveira, Manoel Castro, Mike Rodrigues Silva Martins e Cristiane Cambria. Alguns aqui nascidos, outros que aqui vivem, muitos que um dia nos visitaram e outros tantos que sonham um dia poder estar aqui.

Esta breve apresentação, serve para formular o convite para uma visita ao país, através das páginas deste livro, e simultaneamente brindo com um cálice de Porto, a todos aqueles que partilham desse amor por Portugal.

Bem hajam!

Rosilda Portas
Paulistana, Socióloga e Presidente da Associação Sociocultural Código Simbólico

TEMAS / PARTICIPANTES

UM DIA EM LISBOA RUMO A BRAGA
Fátima Quadros

ATÉ QUE O AMOR TE SEPARE!
Hilton Fortuna Daniel

O PARQUE MAYER! O PARQUE DAS ILUSÕES...

RÁDIO SIM, A ESTAÇÃO MAIS PORTUGUESA DE PORTUGAL
Miguel Villa

O CINEMA PORTUGUÊS NO BRASIL
Paulo Borges

VIAJANDO PELA VIDA
Manuel Martins

CONHECENDO PORTUGAL
Eloína Ferraz

TINA
Dudu Fagundes

ENTRE GUARDA E MARVÃO
Neide Lopes Ciarlariello

PIÓDÃO, A ALDEIA DA TERRA E DO CÉU
Anne Mahin

À MINHA MÃE ANA MARIA

SUPLICO POR TI, PORTUGAL MINHA QUERIDA!
Camila Lourenço Giudice

ASSOCIAÇÃO PORTO HISTÓRICO e MEDIEVAL
José Martins Pereira

LISBOA, LINDA PRINCESA
Nini Remartinez

MEMÓRIAS QUE VIAJAM: O DIVINO ESPÍRITO SANTO NO RIO DE JANEIRO
Célia Carmen Cordeiro

A PRINCESA FLOR, D. MARIA AMÉLIA
Thais Matarazzo

ENTRE LEMBRANÇAS!!!
Renata Elito Jeronimo

O POETA DE CÁ E LÁ

ABEL DE CAMBRA
Marcelo Kassab

PORTUGAL DE TODOS
Hamilton dos Santos

AQUI E LÁ
Lúcia de Fátima Marques Peres

BEATLES E PORTUGAL,UMA RELAÇÃO DE AFETIVIDADE
Júlio Araújo

FAFE

TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

Lá...

Cá...
Irene Oliveira & Manuel Castro

POESIA COLETIVA PARA PORTUGAL

MERUGE DOS MEUS AVÓS
Ricardo Madeira

PRESENÇA PORTUGUESA EM SÃO PAULO
Laércio Cardoso de Carvalho

CARTAS DA OFICINA CRIATIVA DE ESCRITA “DESCOBRIMENTO DO BRASIL”
Thais Matarazzo
Marcelo Kassab
Cristiane Cambria

EDITORA MATARAZZO EM PORTUGAL EM 2015
Thais Matarazzo

NOSSOS APOIOS CULTURAIS
Jornal Mundo Lusíada
Associação Sociocultural Código Simbólico
Programa "Os Imigrantes" - Rádio Trianon

Dados técnicos
TÍTULO:
Vamos falar de Portugal II?
AUTOR: vários autores
EDITORA: Matarazzo
IDIOMA: Português
ENCADERNAÇÃO: Brochura P&B. Papel couchê fosco 90 gr/m².
ILUSTRADO: sim
FORMATO: 15,5 x 23 cm
PÁGINAS: 196
ANO DO COPYRIGHT: 2017
ANO DE EDIÇÃO: 2017
ISBN: 978-85-69167-61-7
EDIÇÃO: