• EditoraMatarazzo05Banner0000.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0007.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0008.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0009.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0010.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0011.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0012.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0013.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0018.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0019.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0021.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0022.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0023.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0090.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0100.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0110.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0120.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0130.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0140.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0150.png

Empresária, jornalista, escritora e investigadora cultural, com ênfase na história do rádio e da música popular brasileira e lusa.
Integra a equipe do programa “Solo Tango”, na Rádio Trianon de São Paulo.

Vem participando nos últimos anos de vários Congressos e Ciclos de Conferências no Brasil e no exterior.

É autora de 13 livros, sendo seis deles dedicados a música popular brasileira e seus personagens: A Música Popular no Rádio Paulista, 1928-1960 (2013), Artistas Negros da Música Popular e do Rádio (2014), A Rapaziada do Brás: seus artistas, memórias e canções (2014), Vozes do Brasil: trajetórias de grandes artistas e comunicadores (2014), os dois últimos da coleção Pró-TV - editora In House; e A Dinastia do Rádio Paulista (2013), escrito em parceria com Valdir Comegno.

Os outros cinco títulos focalizam as memórias dos artistas da música popular portuguesa no Brasil: Irene Coelho, uma brasileira de coração português (2011), Fado no Brasil: Artistas & Memórias (2013), Brasil & Portugal: teatro, música, artistas e tal (2015), O fado que cantei e outras canções (2015) e O Fado nas Noites Paulistanas (2015).

Experimentando um novo estilo, a autora estreia no mundo das crônicas com O Porto e eu e O Rio e eu: crônicas de uma paulistana, duas obras que falam alto ao coração de Thais Matarazzo, que é apaixonada por estas duas cidades.

Prêmios e tributos

Entre as homenagens recebidas pela escritora, mencionamos.

• “Votos de Congratulação” pelo livro Irene Coelho, uma brasileira de coração português, proposto pelo vereador Claudinho de Souza da Câmara Municipal de São Paulo, 2011.

• Diploma de “Honra ao Mérito Cultural” da Ordem dos Músicos do Brasil, seção São Paulo, 2013.

• “Prêmio Anita Garibaldi”, em reconhecimento ao trabalho em prol da solidariedade internacional e defesa dos direitos da mulher no Estado de S. Paulo, na categoria “Difusão do Legado Histórico”. Propositura da Organização Neo Humanista Universalista e do vereador Gilberto Natalini da Câmara Municipal de São Paulo, 2014.

• “Diploma de Gratidão” pelos relevantes serviços prestados a Comunidade Luso-Brasileira, propositura do vereador Toninho Paiva da Câmara Municipal de São Paulo e do Conselho da Comunidade Luso-brasileira do Estado de S. Paulo.

• “Troféu Jornal do Brás” em referência ao livro Rapaziada do Brás: seus artistas, memórias e canções, 2015.