• EditoraMatarazzo05Banner0000.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0020.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0030.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0040.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0050.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0060.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0070.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0080.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0090.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0100.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0110.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0120.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0130.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0140.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0150.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0160.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0170.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0180.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0190.png
  • EditoraMatarazzo05Banner0200.png
 
       
 
 

Em 29 poemas, Thomas Miranda prende a atenção do leitor para o encanto da poesia.

“A beleza da certeza é tornar-se verdade”.

(“Segredos II”)

A poesia que traz brilho às nossas atribuladas vidas, dura realidade, é a arte o avesso da verdade?

“Queria cantar uma melodia inaudível
capaz de se encaixar no espaço invisível
enchendo o vácuo com vida”.

(“Canto”)

Thomas escreve com graça e leveza, revela-nos momentos íntimos, canta o amor, a paixão, o desejo... Os segredos d’alma num ótimo jogo de palavras, sem filtros.

Revela-nos que escrever é um ato solitário, do poeta consigo mesmo, concentrado no ofício de poetar.

“De uma vida inacabada
Feita de ilusões vivificadas”

(“Arbítrio”)

O autor escreve poemas desde a adolescência, já atuou como ator amador, é contator de histórias e fonoaudiólogo, trabalhava com as palavra falada, habilitando-a como maior expressão do ser humano. Auxilia a traduzir sentimentos.

Homenageia João Cândido, o “Almirante Negro”, personalidade brasileira esquecida nos dias de hoje, um destacado militar da Marinha de Guerra do Brasil, líder da Revolta da Chibata em 1910.

“Almirante timoneiro de um navio quase negreiro
Navegou pela história mas morreu afogado na marinha
Sem memória”.

(“Canto ao negro Cândido”)

Destaca o poeta o dia a dia da periferia paulistana.

“Lugares sem atenção
Olhares de São Paulo”.
(“Amém”)

Enfim, esta reunião de poemas faz bem à alma, traz vigor à nossa existência.

Desejo ao autor sucesso crescente em sua senda literária e artística. Agora, você, Thomas Miranda já faz parte da família Editora Matarazzo.

Thais Matarazzo


POEMAS

SEGREDOS
SEGREDOS II
CANTO
CANTO II
ENTREGA
PASSAGEM
ARBÍTRIO
INSPIRAÇÃO
NASCIMENTO
POESIA AÉREA
PASSAGEIRO
BAILE DE BOLA
ME ENLAÇO
MÃOS HUMANAS
COMPASSO CELESTE
COSMOPOLITERRÂNEA
PERPÉTUO PRESENTE
PEGADA POÉTICA
DIÁLOGO VAZIO
POEMA ONÍRICO
NOSSO TEMPO
A BOCA
DE CORPO E VIDA
SENTIMENTO QUE FICA
ELO
DE TUDO UM POUCO
CANTO AO NEGRO CÂNDIDO
AMÉM
PROBLEMAS ABSTRATOS


DADOS TÉCNICOS
TÍTULO:
mentelinguística
AUTOR: Thomas Miranda
EDITORA: Matarazzo
IDIOMA: Português
ENCADERNAÇÃO: Brochura p&b. Papel off set (alta alvura) 90 gr/m².
ILUSTRADO: não
FORMATO: 14 x 21 cm
PÁGINAS: 44
ANO DO COPYRIGHT: 2018
ANO DE EDIÇÃO: 2018
ISBN: 978-85-7124-004-9